Serra Catarinense. Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014
Lages Garden Shopping - Inauguração 20 de Novembro
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Twitter CLMais | Correio Lageano

:: 23/12/2010 | Música

Música instrumental com o peruano Juan Lozano no calçadão de Lages

Texto:

Lages, 24/12/2010, Correio Lageano

 

Há mais de dois anos que a praça João Costa, popularmente conhecida como Calçadão, é palco das músicas instrumentais do peruano Juan Lozano.

 

Com ensinamentos passados de pai para filhos, ele deixou sua terra e todos os dias encanta o povo serrano com suas músicas.

 

A vinda para Lages era apenas um passeio, mas ao chegar, o peruano Juan Lozano afirma ter sentido um conforto grande, então decidiu mostrar o trabalho que sabia fazer com a música, para compreender a reação do público, que para sua alegria aceitou muito bem.

 

“Sinto que as pessoas gostam da minha música, desde a primeira vez que mostrei meu trabalho, fui bem aceito, uma multidão parou para me ouvir”, fala com orgulho.

 

A segunda vez que veio ao Brasil, foi com um grupo de amigos, na tradicional Festa do Pinhão, em 2001, quando permaneceu por três anos na região, em temporadas curtas.

 

“Ficávamos pouco tempo em cada cidade, pois nosso desejo era percorrer o mundo”, comenta o músico. O grupo não permaneceu muito tempo junto e cada um seguiu seu caminho.

 

Mas Lozano permaneceu em Lages e conseguiu um espaço fixo para trabalhar. Os instrumentos de sopro que usa nas apresentações são a Samponha, Quena, Quenacho, flautas peruanas, que são as responsáveis por dar a melodia. “Meu alimento é a música”, diz. Além de tocar, ele vende CDs , que seguem o estilo de música andina.

 

Para o músico, viver apenas da música não é mais uma tarefa simples como já foi antigamente. “A modernidade e a agilidade dos computadores, faz com que as pessoas baixem suas músicas preferidas em minutos e acabam não comprando os discos”, comenta. Os melhores meses de venda são as temporadas de Natal, Páscoa, Dias das Mães, entre outras.

 

Lozano constituiu família aqui em Lages e conta que enquanto conseguir viver da música, aqui será sua cidade. “Minha vida é a música instrumental”, fala.

 

Foto: Camila Constantini

  • Música instrumental com o peruano Juan Lozano no calçadão de Lages
    Um dos instrumentos usados por Juan Lozano, em suas apresentações de rua

Comentários

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários