Serra Catarinense. Segunda-feira, 24 de Abril de 2017
Anuário Lages em Desenvolvimento 2015 | 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Correio Lageano - Diversos formatos para anunciar

:: 20/04/2017 | Bem-estar

Projeto leva brincadeira às crianças de creches de Lages

Projeto leva brincadeira às crianças de creches de Lages

Texto:

 Lages,  21, 22 e 23/04/2017, Correio Lageano, por Adecir Morais

 

Criado pelo Instituto José Paschoal Baggio (IJPB), o projeto Oficinas Criança Brinca atende 168 crianças carentes de duas unidades de educação infantil de Lages

 

Mais divertido do que brincar, talvez é construir o próprio brinquedo. Com papel, saco plástico e tinta, dentre outros materiais,  pequenos brincam com as cores e chegam a construir bonecos para se divertir. Além de aguçarem a imaginação e criatividade dos alunos, as atividades são importantes no desenvolvimento da criança. Além disso, brincando com o outro, o pequeno desenvolve seu convívio social, dentre outros valores.

 

Em parceria com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, o Instituto José Paschoal Baggio (IJPB) criou o projeto “Oficinas Criança Brinca”, contemplando dois Centros de Educação Infantil Municipal (Ceims) de Lages: Sepé Tiarajú, no Bairro Passo Fundo, e Nelson Martins, no Novo Milênio. O projeto é financiado com recursos do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA). O público-alvo são 168 crianças carentes de 1 a 6 anos de idade, dos dois Ceims. As oficinas são mensais e vão se estender até o mês de setembro.


Na abertura dos trabalhos, foram atendidos alunos do Ceim Sepé Tiarajú. As atividades foram desenvolvidas na última quinta-feira (20) e duraram o dia inteiro. Foram atendidos alunos do Berçário e Maternal. As crianças puderam brincar e interagir com os professores e coleguinhas de sala, aumentando o convívio social entre os pequenos.


Os alunos do Maternal, por exemplo, puderam, pela primeira vez, manusear uma tesoura, adequada para sua idade. E construíram, com materiais recicláveis, brinquedos adaptados à faixa etária.


De acordo com a coordenadora de projetos do IJPB, Barbara Zanoni, além das atividades em sala de aula, a ideia é fazer com que os professores encaminhem o projeto para casa dos alunos, fazendo com que os pais brinquem com seus filhos e que entendam a importancia deste processo no aprendizado dos pequenos.

 

 

Ao brincar, a criança aprimora várias habilidades

Barbara afirma que a brincadeira é fundamental para o desenvolvimento infantil em todos os aspectos. Ao brincar, “a criança aprimora várias habilidades, desde o desenvolvimento motor até o psicólogo. Quando a gente fala em brincadeira, parece que ela não tem sentido, mas para a criança faz toda a diferença”, alerta.


A professora Silvia Melegari, do Ceim Sepé Tiarajú, destacou que brincadeira permite que a criança entre no “mundo do faz de conta”. Assim ela expresse sentimentos, como medo,  emoções e dúvidas, além de reforçar seus vinculo social com a família e amigos. Isso tudo, aliados a outros fatores,  ajuda na formação e desenvolvimento dos pequenos.


Instituto_ Criado em 2007, o Instituto José Paschoal Baggio (IJPB) é uma instituição do terceiro setor, sem fins lucrativos. Desenvolve um conjunto de ações focadas em responsabilidade social, educação ambiental, empreendedorismo, educação, cultura e esporte. Além do “Oficinas Criança Brinca, desenvolve os projetos Lendo e Relendo com o Correio Lageano, Carahá de Cara Nova, Sala de Leitura Gostar de Aprender, Som e Arte e o evento Festival Internacional Música na Serra.

 

 

Quer vender? Aqui tem + Classificados. Anuncie grátis!

 

Foto: Adecir Morais

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários