Serra Catarinense. Terça-feira, 25 de Julho de 2017
Anuário Lages em Desenvolvimento 2015 | 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Participe da Revista Essencial Corrreio Lageano

:: 18/05/2017 | Brasil

Flores no caminho do turismo brasileiro

Flores no caminho do turismo brasileiro

Texto:

Brasília, 18/05/2017, Ministério do Turismo

 

De grandes lavouras a praças enfeitadas, as flores são atração turística e movimentam a economia de municípios brasileiros

 

Não é primavera, mas a estação florida parece durar boa parte do ano nas cidades de Holambra (SP), Cunha (SP), Campo Novo do Parecis (MT) e Nova Petrópolis (RS). Os municípios, grandes produtores de flores e plantas ornamentais, são um atrativo para turistas que visitam as lavouras e movimentam a economia dos municípios.

 

Considerada “jardim do Brasil”, Holambra concentra dois importantes títulos: maior produtora de flores do país e maior exportadora do produto para a América Latina. Localizada na região metropolitana de Campinas (SP), a cidade tem traços típicos de seus colonizadores que influenciaram inclusive na escolha do nome da cidade - os holandeses -, que trouxeram a cultura do cultivo, produção e venda das flores.

 

O município que possui 15 mil habitantes, chega a receber cerca de um milhão de turistas por ano. “Todo ano realizamos o Explofora, evento responsável por reunir 350 mil pessoas só no mês de setembro. Elas vêm principalmente por causa da beleza que as flores trazem para a cidade”, explica o prefeito da cidade, Fernando Fiori de Godoy.

 

Cunha, também em São Paulo, não fica para trás quando o assunto é produção de flores. As lavouras de lavanda são semelhantes as cultivadas no sudeste da França e inspiram turistas pela beleza, aroma e cor que conferem à vegetação um belo tom de lilás.

 

Cerca de três mil pessoas se deslocam para cidade em busca do lavandário que, apesar de estar em uma propriedade privada, mas pode ser visitado gratuitamente. No local, o turista encontra uma paisagem estonteante em meio às montanhas da Serra do Mar, e pode levar pra casa produtos locais com propriedades terapêuticas: sabonetes, buquês e iguarias gastronômicas.

 

O secretário de Turismo e Cultura de Cunha, Marcelo Henrique Coelho Veras, explica que apesar de recente na cidade, o turismo das flores deixa autoridades e moradores animados: “Nos últimos meses tivemos pousadas e restaurantes com lotação praticamente completa. As plantações de lavanda trouxeram viajantes qualificados e conscientes de seu papel como turistas”, afirma.

 

Em Mato Grosso, o responsável por colocar o estado na lista dos destinos floridos é Campo Novo do Parecis. Com o título de maior produtor de girassóis do país, o município produz 29 mil toneladas da planta por ano, gerando empregos e movimentando o comércio da cidade. O turista que tem interesse em visitar em observar os campos amarelados precisa ficar atento as datas de florada, que acontece por 10 dias durante o mês de maio.

 

Para quem deseja ver as flores em temperaturas mais baixas, a recomendação é Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul. Repleta de espaços floridos, a cidade ficou conhecida como “Jardim da Serra Gaúcha”. No centro dela, por exemplo, a Praça da República já se tornou “Praça das Flores” em razão da quantidade e diversidade de flores. No município, o turista encontra floriculturas com mais de mil variedades de plantas ornamentais e tem a oportunidade de conhecer pontos turísticos naturais como a rampa de voo Livre Ninho das Águias, o Pinheiro Multissecular e o Labirinto Verde.

 

INVESTIMENTO - O MTur apoia o turismo nos municípios “floridos”, repassando recursos e apoiando projetos de infraestrutura turística. Só nas cidades de Holambra, Cunha e Campo Novo do Parecis foram investidos mais de R$ 3,5 milhões para a revitalização de praças, reformas de pontos turísticos, pavimentação de ruas e construção de terminal rodoviário.

 

Para saber mais sobre os municípios, visite os sites:

Holambra (SP) - http://www.holambra.sp.gov.br/

Cunha (SP) - http://www.cunha.sp.gov.br/municipio-de-cunha/

Campo Novo do Parecis (MT) - http://www.camponovodoparecis.mt.gov.br/

Nova Petrópolis (RS) - http://www.novapetropolis.com.br/

 

 

Foto: Juliano Olejas/ Prefeitura de Campo Novo do Parecis

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários