Serra Catarinense. Sábado, 24 de Junho de 2017
Celinho Casas do Araucária
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

:: Negócios > Notícias

Shoppinhão é o centro de compras da Festa do Pinhão

Texto:


Shoppinhão é o centro de compras da Festa do Pinhão Clique para ampliar

Lages, 13/06/2017, Catarinas Comunicação

 

Não bastasse toda a estrutura de palcos, restaurantes, banheiros, segurança e até pronto-socorro, a Festa Nacional do Pinhão, que ocorre até o próximo domingo, dia (18) em Lages, oferece um completo centro de compras aos visitantes.

 

O Shoppinhão conta com mais de 30 expositores e boxes de venda dos mais variados produtos. Ali é possível encontrar doces, confecções em lã, tecidos, materiais sintéticos, jaquetas de couro, mantas, luvas, calçados, jogos de realidade virtual, móveis de madeira maciça, semijoias, artigos gauchescos, erva-mate, quadros, camas e uma série de outros produtos da região.

 

O Shoppinhão recebe também neste ano o Espaço Cultural para a comercialização de artesanatos. É lá que fica a artesã Sandra Cunha Leite, de 53 anos, que expõe seu trabalho pela segunda vez na festa. Ela conta que muitas pessoas procuram conhecer o artesanato feito por ela, fabricado com fita tusa. “Além da demanda de vendas, muitos turistas procuram obter informações da fita, curiosos para saber de que material ela é produzida”.

 

A fita é formada basicamente por fibra de celulose e cola, de espessura final, doada por uma indústria de papel com a intenção de reutilizar o material. “Possuímos algumas peças conceituais aprovadas pela curadoria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e outras são criações. A fita é fracionada, então utilizamos apenas a mão-de-obra, cola e tesoura. A criação e a produção podem ocorrer na madeira, em peças de vidro e outros materiais”.

 

O Shoppinhão funciona no Pavilhão Tito Bianchini, bem no meio do Parque Conta Dinheiro, e é aberto todas as noites para visitação do público.

 

 

Fotos: Mirella Guedes / Catarinas Comunicação

Assine o CL Online


< Voltar
Compartilhar: