Serra Catarinense. Terça-feira, 28 de Junho de 2016
Anuncie Classificados Correio Lageano Festa do Pinhão 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Mídia Kit diversar formas de anunciar

:: 07/03/2014 | Polícia

Juiz decreta a prisão de jovem que atropelou Nando Letti

Juiz decreta a prisão de jovem que atropelou Nando Letti

Texto:

Lages, 08 e 09/03/2014, Correio Lageano, por  Adecir Morais

 

 


O delegado da 2ª DP de Lages, José Rogério de Castro (Bada) confirma que a atropelamento de Luiz Fernando Letti, conhecido como Nando Letti, de 60 anos, foi proposital. Letti morreu na noite de quinta-feira (06), cerca de 15 horas depois de ser atingido. O suspeito do crime foi preso nesta sexta-feira (07) à tarde.

 

 


Ainda pela manhã, Bada tomou o depoimento de quatro testemunhas, que confirmaram que o atropelamento foi proposital. Além disso, imagens de câmeras de segurança do posto confirmam o crime. O suspeito do atropelamento, Júlio Octávio Burigo, o Nescau, de 23 anos, também foi ouvido e preso em seguida.

 

 


Letti foi atingido pelo veículo Peugeot, placas JPN-9999, de Joinville, no pátio do Posto Duque, na Avenida Duque de Caxias, que era dirigido por Nescau. A vítima morreu mais tarde no hospital.

 

 


Crime: Segundo o delegado, o atropelamento ocorreu após uma briga. Os envolvidos discutiram e Nescau teria dado socos em Letti. Amigos da vítima, porém, apaziguaram e controlaram a confusão. Todos os envolvidos bebiam. Depois de acalmados os ânimos, Nescau deixou o posto, mas ficou nas proximidades esperando a hora de atacar. A vítima foi atingida enquanto deixava o local, ainda no pátio do posto.

 

 

 

Crime foi praticado por motivo fútil, diz delegado

 

 

 

Após o atropelamento, Letti foi levado ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 22h de quinta-feira. O sepultamento ocorreu ontem  à tarde, em meio a um clima de revolta e comoção.
Bada afirma não ter dúvidas de que o crime foi premeditado.

 

 

 

O suspeito foi indiciado por homicídio doloso (com intenção) por motivo fútil, sem dar chance de defesa à vítima. Se condenado, pegará pena entre seis a 20 anos de prisão. Antes de a justiça decretar a prisão dele, o delegado disse que temia pela vida do suspeito. “A morte causou comoção e há o risco de pessoas quererem fazer justiça com as próprias mãos, o que a gente não quer”, declarou.

 

 

 

Autor recebe voz de prisão enquanto dá depoimento

 

 

No fim da tarde de sexta-feira, o juiz Geraldo Corrêa Bastos, da 1ª Vara Criminal do Fórum de Lages, determinou a prisão preventiva de Nescau, indiciado pela morte de Letti. Ele recebeu a voz de prisão enquanto prestava depoimento sobre o caso, acompanhado pelo seu advogado. Após os procedimentos policiais, foi levado ao Presídio Regional de Lages, onde ficará à disposição da Justiça.

 

 

 


Segundo Bada, ele já responde por uma tentativa de homicídio em um caso similar ao que aconteceu em Lages. É acusado de tentar atropelar a própria namorada, em setembro do ano passado, em Joinville, no Norte do Estado. O delegado disse que, em depoimento, Nescau alegou ter sido agredido pelo Letti e amigos, e que tentou “se defender, por isso jogou o carro contra a vítima”.

 

 

 

Ele era um “bon vivant”, dizem amigos

 

 

 

“Live to ride”, que em tradução literal significa “viver para montar”. Esta frase em inglês, que talvez resumia o amor que Nando Letti sentia por motocicletas, estava escrita no colete que era usado por ele nos passeios de moto e estava próximo ao caixão. O velório foi realizado na sexta à tarde, em meio à dor e revolta de familiares e amigos da vítima.

 

 

 

 

Figura conhecida em Lages e região, Nando tinha 60 anos e era apaixonado por motos. Sexta de manhã, durante os atos fúnebres, um dos momentos mais marcantes foi quando a moto dele, uma Harley-Davidson, foi levada à capela mortuária onde ocorreu o velório. Quando o veículo chegou houve comoção geral. A moto foi colocada na entrada da capela.

 

 

 

Nando era solteiro e não tinha filhos. Boêmio, gostava de festas com os amigos, de vestir roupas de couro e andar de moto. Era integrante do grupo de motociclistas conhecido como “Gralhas do Sul”, fundado em 1969. No velório, dezenas de motociclistas foram dar o último adeus ao amigo.

 

 

 

 

“A vida dele era andar de motos. Era muito querido e nunca teve encrenca com ninguém. Perdemos um amigo, boa praça. Nando era um bon vivant”, define o gerente empresarial Renato Carioni Varela, de 52 anos e amigo de infância da vítima.

 

 

 

Portaria proíbe a venda de bebidas em postos

 

 

 

Segundo informações da polícia, os envolvidos bebiam no pátio do posto, o que é proibido, conforme a portaria 002/2010 da Polícia Civil. A portaria proíbe o consumo de bebida alcoólica em lojas de conveniências instaladas em postos de combustíveis de todo o estado. Os estabelecimentos que descumprirem a norma podem ser interditados ou, em casos mais extremos, terem seu alvará de funcionamento cassado.

 

 

 

Na sexta-feira, a morte de Nando Letti repercutiu nas redes sociais. Em uma dos comentários, o amigo dele, Rafael Araldi, escreveu: “Cada risada com o inconfundível Nando que estava sempre de bem com a vida, sempre feliz e contando histórias”.

 

 

 

 

 

Relembre

 

 

 

 

Assista ao vídeo que mostra a agressão dentro do restaurante

 

 

Assista ao vídeo que teria registrado o atropelamento

 

 

 

Quer vender? Aqui tem + Classificados. Anuncie grátis!

 

 

 

Foto:Andressa  Ramos

    • Juiz decreta a prisão de jovem que atropelou Nando Letti
      Foto: Zé Rabelo/ Nando era solteiro, não tinha filhos e adorava passear de moto
    • Juiz decreta a prisão de jovem que atropelou Nando Letti
      Foto: Adecir Morais: Bada pediu ontem a prisão preventiva do suspeito do...
    • Juiz decreta a prisão de jovem que atropelou Nando Letti
      A moto de Nando foi posta na entrada da capela onde ele foi velado
    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários