Serra Catarinense. Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014
Lages Garden Shopping - Inauguração 20 de Novembro
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Facebook CLMais | Correio Lageano

:: 18/11/2012 | Polícia

Em São José do Cerrito, homem é morto a tiro no pátio de igreja

Texto:

São José do Cerrito, 19/11/2012, Correio Lageano, por Adecir Morais

 

 

José Jandir Souza Luiz, de 57 anos, foi morto com um tiro na cabeça ontem de manhã na localizado de Cerro Pelado, no interior de São José do Cerrito, cerca de 25 Km distante do Centro da cidade. Antenor Ribeiro da Rosa (58), principal suspeito do crime, está foragido.
Segundo o cabo Sartor, da Polícia Militar (PM), o crime ocorreu por volta das 7 horas no pátio da Igreja Nossa Senhora dos Lurdes. Desavenças por causa de cabeças de gado, que costumavam pastar no pátio da igreja teriam provocado o crime, que chocou a comunidade local.

 

 

 

“Quando um colocava seus animais para pastar, outro reclamava”, revelou o policial, lembrando que José foi alvejado com um tiro na cabeça e morreu cerca de sete metros distante da porta da igreja. Segundo o militar, a comunidade onde ocorreu o crime é considerada calma.

 

 

 

 

Após os fatos, Antenor fugiu. A PM foi acionada, deslocou até a residência do suposto criminoso, perto do local do crime, onde conversou com a esposa dele, que confirmou que ele chegou em casa dizendo que havia se envolvido em uma confusão.

 

 

 

Na residência, os policiais encontraram uma espingarda calibre 32 e um revólver calibre 38 com cinco munições, sendo que uma estava deflagrada. Buscas foram feitas na localidade, mas o suspeito não foi encontrado até o fechamento desta edição.

 

 

 

O Instituto Geral de Perícias de Lages (IGP) foi acionado para fazer a perícia no local do crime. Somente hoje a Delegacia da Polícia Civil do município deve instaurar um inquérito policial para apurar o caso, uma vez que não há plantão policial na cidade nos fins de semana.
Segundo pesquisa do Ministério Público Federal, em 2012, os homicídios por motivos banais em Santa Catarina chegam a 82,13%.

 

 

 

“São crimes que decorrem de atitudes impulsivas ou de motivos fúteis e que poderiam ser facilmente evitados se houvesse mais tolerância, calma e uma atitude mais pacífica”, destacou o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ao anunciar os números.

 

 


Foto: Divulgação

  • Em São José do Cerrito, homem é morto a tiro no pátio de igreja

Comentários

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários