Serra Catarinense. Terça-feira, 03 de Maio de 2016
Anuncie Classificados Correio Lageano Festa do Pinhão 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Mídia Kit diversar formas de anunciar

:: 17/08/2012 | Política

Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas

Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas

Texto:

Otacílio Costa, 18 e 19/08/2012, Correio Lageano

 

 

 

Emancipado de Lages em 1982, Otacílio Costa é, da Serra Catarinense, o município que se destaca principalmente pela grande quantidade de florestas plantadas, cultura que movimenta a economia e gera milhares de empregos diretos

 

 

 


Com a proposta de esclarecer o eleitor, o Correio Lageano publica hoje entrevistas com os candidatos a prefeito de Otacílio Costa. Cada candidato tem espaço igual para as respostas, as que excederem ao limite serão cortadas. É uma oportunidade dos candidatos falarem sobre o plano de governo e mostrarem que conhecem profundamente os problemas e que estão preparados para resolvê-los.

 

 

 

Denilson Padilha


PRA FRENTE OTACÍLIO COSTA - PMDB / PSC

 


1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?


A SC-425 atualmente oferece enormes riscos a todos que por ela trafegam, portanto sua recuperação e manutenção são de fundamental importância. Sou favorável a termos uma normatização do trânsito pesado e penso que o Deinfra é o órgão responsável do Governo Estadual que deverá tratar disso.

 


2.
A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Possuímos na área urbana uma forte vocação industrial, bem como em nosso interior uma forte vocação para a silvicultura. Florestas plantadas tem objetivo econômico, mas por outro lado temos belas paisagens no interior com florestas de araucária preservadas que possuem potencial para o Turismo Rural.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação se repita?

 


A precipitação de 2011 teve tempo de retorno bastante elevado. O Rio Canoas, por ter uma baixa vazão, permite a programação da retirada das famílias. Qualquer medida a ser tomada possui caráter paliativo, porém é necessário ter a Defesa Civil preparada e equipada.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Certamente que sim. Trabalhamos muito e conseguimos a diversificação através do setor têxtil (Brandili) e da Agroindústria (Copercampos). Apesar de não termos desemprego no município devemos buscar novas alternativas à diversificação da economia. Isto é possível e acima de tudo necessário.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

A produção de grãos já é uma realidade. O Pinus tem e sempre terá sua importância na economia local, porém a produção de grãos remunera o investimento de forma muito mais rápida e gera empregos no interior de forma mais sustentável. Assim também passamos a usar o solo de acordo com a sua vocação.

 


6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 


Trabalhar na prevenção das doenças, fortalecendo a atenção básica. Qualificar profissionais e promover a educação permanente em saúde. Promover a humanização no acolhimento aos pacientes. Investir na infraestrutura dos postos de saúde. Ampliar as campanhas de prevenção e conscientização em saúde.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

Pavimentamos 70 ruas. Continuaremos seja através de recursos federais ou próprios, através da parceria com os contribuintes. No saneamento temos o projeto pronto e com recursos garantidos via Cisama na ordem de R$ 2 milhões. No interior temos fluxo intenso de caminhões e nos cabe a manutenção constante.

 

 

Luiz Carlos Xavier

OTACÍLIO COSTA PARA TODOS - PRB / PP / PDT / PT / PTN / DEM / PSDB

 


1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?

 

O município tem sob sua responsabilidade o trecho da SC 425, que compreende da ponte do Rio Canoas até a ponte do Rio Areia, sendo que nesse trajeto, nossa responsabilidade será cumprida, seja na restauração quanto na manutenção pra assegurar a trafegabilidade.

 

 

2. A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Precisamos criar uma festa nossa regionalista, que entre para o calendário das principais festas nacionais. Faremos isso reunindo e contemplando diversos grupos culturais e esportivos. Exemplo disso são os Jeep Traill Club, Automóvel Club, CTG´s, Moto Clubes e grupos musicais tradicionalistas.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação  se repita?

 

É necessário destinar mensalmente recursos à defesa civil municipal para criação de ações preventivas e continuas, buscando parcerias junto à defesa civil estadual e Ministério da Integração para a retirada das pessoas das áreas de risco e o desassoreamento dos rios.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Vamos investir e atrair novos segmentos para a diversificação da economia municipal, incluindo a profissionalização e geração de novos empregos para as mulheres e priorizar o crescimento das micro e pequenas empresas, incentivando novos empreendedores, com a criação do Berçário Industrial.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

Com a implantação da unidade da Copercampos, adotaremos políticas para incentivo á produção de grãos com assistência técnica em conjunto com órgãos estaduais e federais. Oportunizaremos a agricultura familiar e a comercialização dos seus produtos com a criação do Mercado Público.

 

 

6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 

Implantaremos o atendimento móvel ao interior. Interligaremos as informações entre o Hospital, postos e a secretaria de saúde. Isto diminuirá a espera.  Discutiremos a municipalização do hospital ou abertura de um pronto-atendimento 24 horas com equipamentos e especialistas de diversas áreas.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

Reformulação do plano diretor com a contratação de profissional  urbanista. Criação da subprefeitura do interior e de uma equipe permanente para elaboração de projetos dentro da necessidade do município. Construção da terceira ponte, facilitando o melhor acesso aos caminhoneiros.

 

 

Reginaldo do Nascimento

OTACÍLIO COSTA EM PRIMEIRO LUGAR - PTB / PSB / PSD / PR

 

1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?

 

 

Com relação a esse assunto vamos procurar contribuir na conservação da SC- 425, porém a instalação de balança é uma questão que precisa  ser discutida com todas as partes envolvidas, Governo Estadual, empresários do ramo de transportes, motoristas, e o poder público municipal.

 

 

2. A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Tradicionalmente Otacílio Costa tem a sua economia baseada na madeira, agricultura e pecuária, mas sim é de interesse de nosso governo incentivar qualquer outra atividade que venha a desenvolver a nossa economia.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação  se repita?

 

 

Falar em prevenir ações da natureza é difícil, nunca saberemos a sua magnitude, contudo medidas de precauções devem ser tomadas nas áreas que já foram atingidas, como a retirada de famílias que estejam as margens do rios.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Sim, uma administração que busca estabilidade tem que se preocupar muito com esta questão, quem ficar dependente de um único seguimento ficará vulnerável, no entanto o nosso município tem potencial para atrair novos investimentos em variadas áreas, principalmente com a  influencia do Governo do Estado.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

Sim, o agronegócio tem crescido no Brasil como um todo, e em nosso município não é diferente, áreas onde antes plantava-se pinus, hoje estão sendo destinadas à soja. Investidores de outras regiões estão se instalando em nosso município e com isso fomentando o crescimento do agronegócio.

 

 

6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 

 

A saúde precisa de uma grande reestruturação, precisamos em primeiro lugar de um atendimento básico e emergencial com qualidade e agilidade, investimentos em equipe clinica especializada, bem como equipamentos e suprimentos que dê a estes profissionais as condições necessárias de trabalho.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

A criação de vias secundárias; a criação de uma avenida da SC-425 até o  bairro Fátima; a construção de uma nova ponte sobre o Rio Canoas; pavimentação da Avenida Olinkraft no bairro Santa Catarina; a formação de uma equipe de conservação das estradas do interior, com a aquisição de novas  máquinas para  patrulha...

 

 


Foto: Divulgação

    • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
      Denilson Padilha
    • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
      Luiz Carlos Xavier
    • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
      Reginaldo do Nascimento
    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários