Serra Catarinense. Domingo, 21 de Dezembro de 2014
Anuário Lages em Desenvolvimento 2014 | 2015
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Facebook CLMais | Correio Lageano

:: 17/08/2012 | Política

Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas

Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas

Texto:

Otacílio Costa, 18 e 19/08/2012, Correio Lageano

 

 

 

Emancipado de Lages em 1982, Otacílio Costa é, da Serra Catarinense, o município que se destaca principalmente pela grande quantidade de florestas plantadas, cultura que movimenta a economia e gera milhares de empregos diretos

 

 

 


Com a proposta de esclarecer o eleitor, o Correio Lageano publica hoje entrevistas com os candidatos a prefeito de Otacílio Costa. Cada candidato tem espaço igual para as respostas, as que excederem ao limite serão cortadas. É uma oportunidade dos candidatos falarem sobre o plano de governo e mostrarem que conhecem profundamente os problemas e que estão preparados para resolvê-los.

 

 

 

Denilson Padilha


PRA FRENTE OTACÍLIO COSTA - PMDB / PSC

 


1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?


A SC-425 atualmente oferece enormes riscos a todos que por ela trafegam, portanto sua recuperação e manutenção são de fundamental importância. Sou favorável a termos uma normatização do trânsito pesado e penso que o Deinfra é o órgão responsável do Governo Estadual que deverá tratar disso.

 


2.
A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Possuímos na área urbana uma forte vocação industrial, bem como em nosso interior uma forte vocação para a silvicultura. Florestas plantadas tem objetivo econômico, mas por outro lado temos belas paisagens no interior com florestas de araucária preservadas que possuem potencial para o Turismo Rural.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação se repita?

 


A precipitação de 2011 teve tempo de retorno bastante elevado. O Rio Canoas, por ter uma baixa vazão, permite a programação da retirada das famílias. Qualquer medida a ser tomada possui caráter paliativo, porém é necessário ter a Defesa Civil preparada e equipada.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Certamente que sim. Trabalhamos muito e conseguimos a diversificação através do setor têxtil (Brandili) e da Agroindústria (Copercampos). Apesar de não termos desemprego no município devemos buscar novas alternativas à diversificação da economia. Isto é possível e acima de tudo necessário.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

A produção de grãos já é uma realidade. O Pinus tem e sempre terá sua importância na economia local, porém a produção de grãos remunera o investimento de forma muito mais rápida e gera empregos no interior de forma mais sustentável. Assim também passamos a usar o solo de acordo com a sua vocação.

 


6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 


Trabalhar na prevenção das doenças, fortalecendo a atenção básica. Qualificar profissionais e promover a educação permanente em saúde. Promover a humanização no acolhimento aos pacientes. Investir na infraestrutura dos postos de saúde. Ampliar as campanhas de prevenção e conscientização em saúde.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

Pavimentamos 70 ruas. Continuaremos seja através de recursos federais ou próprios, através da parceria com os contribuintes. No saneamento temos o projeto pronto e com recursos garantidos via Cisama na ordem de R$ 2 milhões. No interior temos fluxo intenso de caminhões e nos cabe a manutenção constante.

 

 

Luiz Carlos Xavier

OTACÍLIO COSTA PARA TODOS - PRB / PP / PDT / PT / PTN / DEM / PSDB

 


1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?

 

O município tem sob sua responsabilidade o trecho da SC 425, que compreende da ponte do Rio Canoas até a ponte do Rio Areia, sendo que nesse trajeto, nossa responsabilidade será cumprida, seja na restauração quanto na manutenção pra assegurar a trafegabilidade.

 

 

2. A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Precisamos criar uma festa nossa regionalista, que entre para o calendário das principais festas nacionais. Faremos isso reunindo e contemplando diversos grupos culturais e esportivos. Exemplo disso são os Jeep Traill Club, Automóvel Club, CTG´s, Moto Clubes e grupos musicais tradicionalistas.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação  se repita?

 

É necessário destinar mensalmente recursos à defesa civil municipal para criação de ações preventivas e continuas, buscando parcerias junto à defesa civil estadual e Ministério da Integração para a retirada das pessoas das áreas de risco e o desassoreamento dos rios.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Vamos investir e atrair novos segmentos para a diversificação da economia municipal, incluindo a profissionalização e geração de novos empregos para as mulheres e priorizar o crescimento das micro e pequenas empresas, incentivando novos empreendedores, com a criação do Berçário Industrial.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

Com a implantação da unidade da Copercampos, adotaremos políticas para incentivo á produção de grãos com assistência técnica em conjunto com órgãos estaduais e federais. Oportunizaremos a agricultura familiar e a comercialização dos seus produtos com a criação do Mercado Público.

 

 

6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 

Implantaremos o atendimento móvel ao interior. Interligaremos as informações entre o Hospital, postos e a secretaria de saúde. Isto diminuirá a espera.  Discutiremos a municipalização do hospital ou abertura de um pronto-atendimento 24 horas com equipamentos e especialistas de diversas áreas.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

Reformulação do plano diretor com a contratação de profissional  urbanista. Criação da subprefeitura do interior e de uma equipe permanente para elaboração de projetos dentro da necessidade do município. Construção da terceira ponte, facilitando o melhor acesso aos caminhoneiros.

 

 

Reginaldo do Nascimento

OTACÍLIO COSTA EM PRIMEIRO LUGAR - PTB / PSB / PSD / PR

 

1. A SC-425 será restaurada pelo governo do estado. O município vai exigir a implantação de balança de pesagem para evitar a deteriorização da rodovia?

 

 

Com relação a esse assunto vamos procurar contribuir na conservação da SC- 425, porém a instalação de balança é uma questão que precisa  ser discutida com todas as partes envolvidas, Governo Estadual, empresários do ramo de transportes, motoristas, e o poder público municipal.

 

 

2. A maioria dos municípios da Serra buscam o desenvolvimento do turismo, mas Otacílio Costa não despertou para isso, é por falta de interesse, de condições, ou de vocação mesmo?

 

Tradicionalmente Otacílio Costa tem a sua economia baseada na madeira, agricultura e pecuária, mas sim é de interesse de nosso governo incentivar qualquer outra atividade que venha a desenvolver a nossa economia.

 

 

3. - Em 2011 231 famílias foram atingidas pelas enchentes dos Rios Canoas e Desquite. Existe em seu plano de governo alguma ação para prevenir que essa situação  se repita?

 

 

Falar em prevenir ações da natureza é difícil, nunca saberemos a sua magnitude, contudo medidas de precauções devem ser tomadas nas áreas que já foram atingidas, como a retirada de famílias que estejam as margens do rios.

 

 

4. A economia do município tem como base a madeira, explorada por grandes empresas. Essa dependência de um único setor não é perigosa para a sustentabilidade da economia local?

 

Sim, uma administração que busca estabilidade tem que se preocupar muito com esta questão, quem ficar dependente de um único seguimento ficará vulnerável, no entanto o nosso município tem potencial para atrair novos investimentos em variadas áreas, principalmente com a  influencia do Governo do Estado.

 

 

5. Outro setor da economia que mostra sinais de avanço é o de produção de grãos. Essa pode ser a alternativa para diversificar a economia do município?

 

Sim, o agronegócio tem crescido no Brasil como um todo, e em nosso município não é diferente, áreas onde antes plantava-se pinus, hoje estão sendo destinadas à soja. Investidores de outras regiões estão se instalando em nosso município e com isso fomentando o crescimento do agronegócio.

 

 

6. Como aprimorar os serviços de saúde do município, já que atualmente os de média e alta complexidade ainda são realizados na cidade de Lages?

 

 

A saúde precisa de uma grande reestruturação, precisamos em primeiro lugar de um atendimento básico e emergencial com qualidade e agilidade, investimentos em equipe clinica especializada, bem como equipamentos e suprimentos que dê a estes profissionais as condições necessárias de trabalho.

 

 

7. O que o senhor pretende fazer para melhorar a infraestrutura urbana (ruas e saneamento básico) e as estradas do interior, por onde circulam centenas de caminhões?

 

A criação de vias secundárias; a criação de uma avenida da SC-425 até o  bairro Fátima; a construção de uma nova ponte sobre o Rio Canoas; pavimentação da Avenida Olinkraft no bairro Santa Catarina; a formação de uma equipe de conservação das estradas do interior, com a aquisição de novas  máquinas para  patrulha...

 

 


Foto: Divulgação

  • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
    Denilson Padilha
  • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
    Luiz Carlos Xavier
  • Candidatos a prefeito de Otacílio Costa apontam soluções para problemas
    Reginaldo do Nascimento
Assine o CL Online

Comentários

Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários