Serra Catarinense. Terça-feira, 30 de Setembro de 2014
Lages Garden Shopping
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Facebook CLMais | Correio Lageano

:: 11/07/2012 | Saúde

Confirmado primeiro caso da gripe A, influenza H1N1 em São Joaquim

Confirmado primeiro caso da gripe A, influenza H1N1 em São Joaquim

Texto:

São Joaquim 12/07/2012,Correio Lageano

 

 

 


A paciente que teve a confirmação da doença é moradora da cidade de São Joaquim e já recebeu o tratamento

 

 


Foi confirmado, oficialmente, o primeiro caso de H1N1 na cidade de São Joaquim. A doença foi diagnosticada há duas semanas. A paciente está bem e já recebeu alta. Segundo Edilacelba Cabornar, responsável pela vigilância epidemiológica do município, a paciente, que não teve o nome revelado, chegou ao hospital da cidade com sintomas característicos da doença como febre alta, dores musculares, tosse e falta de ar. Ela recebeu a medicação, o Tamiflu, e em seguida foi encaminhada para o hospital Tereza Ramos, em Lages.

 

 

 


O secretário de Saúde de São Joaquim, Felipe Pacheco Nunes, explicou que quando há suspeita de casos da gripe provocada pelo vírus H1N1, os pacientes são encaminhados para o hospital de referência que, no caso da região, é o Tereza Ramos. Em São Joaquim foram cinco casos de supeita de H1N1, no entanto, apenas um foi confirmado. “É importante ressaltar que qualquer tipo de gripe pode evoluir para uma pneumonia, não somente a gripe A.

 

 

 

E os cuidados e as medidas de segurança sempre devem ser tomadas”, lembra Edilacelba.
Os grupos de risco como profissionais da saúde, gestantes, idodos acima de 60 anos já foram vacinados, bem como crianças menores de dois anos que receberam a primeira dose. A segunda dose para as crianças até dois anos já está disponível na unidade central de saúde do município, mas somente para aquelas que tomaram a primeira.

 

 

 


Diabéticos que fazem o uso de insulina, pessoas com doenças respiratórias graves, obesidade mórbida, com câncer e que fazem parte do grupo de tabagismo também serão imunizadas. Entretanto, as vacinas ainda não estão disponíveis. “A pedido da vigilângia epidemiológica de Lages, fizemos o levantamento das pessoas que necessitam a imunização. Estamos aguardando as vacinas”, explica Felipe.

 

 

 

Dados mostram apenas uma vítima fatal em Lages

 

 

 

Os dados atualizados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), na última sexta-feira, ainda mostram que Blumenau foi a cidade com maior número de mortos, foram oito vítimas da gripe A.

 

 


Em relação aos municípios da Serra Catarinense, o levantamento confirma um caso notificado em Campo Belo do Sul; 1 em Capão Alto; 4 em Correia Pinto; 17 em Lages; 8 em Otacílio Costa; 1 em Rio Rufino; 1 em São Joaquim e 1 em São José do Cerrito. Em relação ao número de mortes na Serra, devido à Gripe A, a Dive informa apenas uma, em Lages.

 

 

 

Medicamento poderá ser adquirido com receita simples

 

 

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou uma notificação dispensando o uso de receita controlada para a administração do antiviral Tamiflu. Agora, para comprar a medicação ou retirá-la no posto de saúde, as pessoas só precisam apresentar uma receita simples do médico. Isso deve facilitar ainda mais o tratamento de pessoas gripadas. Porém, em Lages, o medicamento ainda não está disponível.

 

 

 

CLIQUE AQUI e leia mais informações sobre o assunto

 

 

 


Foto: Divulgação

Comentários

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários