Serra Catarinense. Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014
Lages Garden Shopping
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Facebook CLMais | Correio Lageano

:: 29/05/2012 | Saúde

Confirmado o primeiro caso de gripe A em Lages

Confirmado o primeiro caso de gripe A em Lages

Texto:

Lages, 29/05/2012, CLMais, por Suzani Rovaris, com informações da Vigilância Epidemiológica de Lages


 

O primeiro caso de gripe A (H1N1), em Lages,  foi confirmado pela Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, na tarde desta segunda-feira (28). A paciente é uma mulher de 53 anos. Ela foi internada no Hopital Tereza Ramos , na última quinta-feira (24), com sintomas de uma gripe comum, entre eles dores no corpo, na cabeça e febre.

 

 

 O material coletado foi encaminhado ao Laboratório Central (Lacen), em Florianópolis, que nesta segunda (28), atestou a contaminação pelo vírus Influenza, tipo A

 

 

A paciente, que não teve a identidade revelada, não corre risco de morte. Ela foi medicada com Tamiflu, recebeu alta e está sendo monitorada pela Vigilância Epidemiológica de Lages. Seus familiares também foram medicados e estão sendo acompanhados.

 

 

Até está segunda-feira, 52 casos de gripa A foram confirmados em Santa Catarina. Quatro pessoas morreram: uma em Itajaí, outra em Blumenau e duas em Rio do Sul.

 

 

 

Ainda dá tempo de se vacinar

 

 

A vacinação contra a gripe A foi prorrogada até esta sexta-feira (1º de junho). Quem não se preveniu, ainda tem tempo.

 

 

A Vigilância Epidemiológica de Lages informou que menos de 20 mil pessoas receberam a vacina até a manhã desta terça (29). Faltam imunizar 540 crianças, 680 gestantes e quatro mil idosos. A Vigilãncia considera os números alarmantes.

 

 

"Todos têm o direito de receber a vacina, que é gratuita. As pessoas precisam se conscientizar que é necessário fazer a vacina contra a gripe A" , fala a diretora da Vigilância em Saúde do município, Odila Waldrich.

 

 

Quem sentir sintomas como febre, cansaço, dores musculares pelo corpo, dores na cabeça e na garganta, tosse seca, diarreia e vômito, deve imediatamente procurar um médico e passar por exames.

 

 

Foto: Arquivo CL


Comentários

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários