Serra Catarinense. Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014
Vestibular de verão Udesc
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central de Vendas Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Facebook CLMais | Correio Lageano

:: 09/10/2011 | Serra Catarinense

Empreender Lages quer tirar pessoas da informalidade

Empreender Lages quer tirar pessoas da informalidade

Texto:

Lages, 10/10/2011, Assessoria de Imprensa da Secretaria do Trabalho e Geração de Renda

 

 

Em Lages, entre 1.500 e 2 mil pessoas trabalham na ilegalidade, com prestação de serviços, no comércio, entre outros setores. Para mudar essa realidade existe no município o Empreender Lages, programa municipal voltado para micro e pequenos negócios, que visa fomentar a formação de microempresas e empreendedores individuais. 

 

 

O secretário municipal do Trabalho e Geração de Renda, Luiz Carlos Pfleger, afirma que a informalidade ainda é uma realidade no Brasil, e em Lages não é diferente, por isso, é importante conscientizar quem está na ilegalidade sobre os benefícios que há ao se formalizar o negócio.

 

 

“Pode dispor de nota fiscal, tem acesso facilitado ao crédito, além de outros benefícios”, explica.

 

 

Hoje, através do Empreender Lages, há mais de 1.200 empreendedores, desde 2008, que geram mais de quatro mil empregos diretos. O município está concedendo, neste ano, R$ 1 milhão em incentivos fiscais.

 

 

Uma ação, no sábado, pelo Dia do Empreendedor, organizado pela Prefeitura de Lages levou 14 entidades para a rua Nereu Ramos e Teatro Marajoara para tratar de formalização de empresas, consultoria e crédito para quem já está na legalidade.  Além de informações sobre como se tornar empreendedor individual ou microempresário, quem foi ao Centro, pôde ainda se informar sobre as facilidades de créditos e acompanhar a palestra com Álvaro Loro, consultor de empresas em Desenvolvimento Gerencial e Recursos Humanos.

 

 

O coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini, informa que o número de novas empresas, neste ano, já supera em 40% a estatística de 2010. Em 2011 já somam 1.700 empresas.

 

 

Passos do Empreender


 

1º - Apresentar carnê de IPTU do local onde está o empreendimento;
2º - Emissão do Termo de Viabilidade e encaminhamento à Seplan para averiguação se o imóvel está localizado em área regular (se não está averbado - terreno baldio, área exclusivamente residencial, etc.)
3º - Encaminhamento ao contador para cadastro de CNPJ, enquadramento como MEI ou no Simples Nacional. O CNPJ pode também ser emitido pelo Sebrae.
4º - Com o CNPJ, Empreender Lages emite o Termo de Adesão. Se o negócio não for “porta aberta”, somente com endereço para correspondência (prestação de serviços, por exemplo), fará parte do programa no prazo de cinco dias, devido às vistorias, que são abreviadas. Sendo comércio, por exemplo, o processo se efetiva em cerca de 30 dias.

 


Foto: Daniele Melo / Divulgação

Comentários

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha. Caso não tenha cadastro, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

  • (*) Campos obrigatórios.

Últimos Comentários