Serra Catarinense. Quinta-feira, 30 de Junho de 2016
Anuncie Classificados Correio Lageano Festa do Pinhão 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Correio Lageano - Diversos formatos para anunciar

:: 15/09/2011 | Serra Catarinense

Chá beneficente do Clumãe lota o ginásio da Apae

Chá beneficente do Clumãe lota o ginásio da Apae

Texto:

Lages, 16/09/2011, Correio Lageano

 

 

Quem andou no entorno da Apae nesta quinta, notou que as ruas estavam cheias de carros estacionados, era o Chá Clumãe, que arrecadava dinheiro para crianças com necessidades especiais.

 

 

Com o intuito de fazer caridade, cerca de 20 senhoras, de um clube de mães, promoveram um chá no ginásio da Apae. Além do chá, o que movimentou o evento foi o bingo e a feira de artesanato no local. Na feira eram vendidas toalhas, conjuntos de cozinha, roupas para bebê e outros produtos. Todos são produzidos pelas cerca de 20 integrantes do Clumãe, que se reúnem às segundas-feiras para fazer as peças.

 

 

Segundo Aldete Barison Matos, o dinheiro arrecadado com a venda de artesanato, bingo e ingressos é doado para as crianças da Apae. “Nós compramos cadeiras de rodas, remédios e ajudamos as famílias de crianças que necessitam”, explica.

 

 

O chá acontece há 25 anos e, do clube, como explica Leonilda Talles Valle. “No Clumãe todo o trabalho é feito por voluntárias”, diz. O clube foi fundado há mais de 30 anos, e, como fala o nome (dado por uma ex-presidente) todas são mães, sendo que apenas duas têm filhos com necessidades especiais. “Na verdade são todas ‘bisas’”, brinca, em relação à idade das integrantes.

 

 

Segundo Leonilda, foram vendidos cerca de 400 ingressos para o chá, mas Aldete explica que nem todos comparecem, porque alguns “compram para ajudar mesmo”.

 


Foto: Thomas Michel

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários