Serra Catarinense. Sábado, 21 de Outubro de 2017
Anuncie Classificados Correio Lageano
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

:: 11/10/2017 | Serra Catarinense

Dia das Crianças: Brincar é importante para o desenvolvimento

Dia das Crianças: Brincar é importante para o desenvolvimento

Texto:

Lages, 12 e 13/10/2017, Correio Lageano, por Susana Küster

 

 

Correr, pular, jogar bola e se esconder são brincadeiras simples que desenvolvem o aspecto físico e intelectual das crianças

 


Em um mundo cercado de tecnologia, não é difícil que as crianças prefiram jogos eletrônicos, programas de televisão e outras diversões que não exijam esforço físico para brincar. Porém, é bom lembrar que estudos científicos comprovam que o uso exagerado dessas tecnologias pode ocasionar problemas como, obesidade, sedentarismo e dependência dos pais. 

 


Por outro lado, estudos científicos comprovam que as brincadeiras ao ar livre e longe de computadores, TV, tablets ou smartphones estimulam o cérebro, a criatividade, ensinam a trabalhar em grupo, a ter convívio social, melhoram aprendizagem.

 


A importância deste aspecto lúdico no desenvolvimento dos pequenos é o que valoriza o Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) Marco Floriano Bordin, no Bairro Copacabana, em Lages e, para isso, a equipe pedagógica incentiva as crianças a brincar ao ar livre e ensina antigas brincadeiras, como as de roda.

 


Para Emanuelly Dutra de Oliveira, 6 anos, a melhor brincadeira é o pega-pega. Ela também adora criar histórias com suas bonecas. “É mais divertido brincar aqui fora.”
“É muito importante para a coordenação motora delas e para a questão de interação”, avalia a professora Dagmara Muniz Correa, 31 anos

 


A diretora do Ceim, Isabel Cristina de Oliveira, afirma que quando ocorrem dias chuvosos seguidos, as crianças ficam mais agitadas, pois no local não há uma área coberta para a prática de atividades físicas. “Incentivamos brincadeiras externas, porque desenvolvem a parte motora e eles ficam mais ágeis”, conclui Isabel Cristina.

 

 

Foto: Susana Küster

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários