Serra Catarinense. Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
Anuário Lages em Desenvolvimento 2015 | 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

:: 11/08/2017 | Serra Catarinense

Carinho e afeto podem ser alguns dos presentes

Carinho e afeto podem ser alguns dos presentes

Texto:

Lages, 12 e 13/08/2017, Correio Lageano, por Andressa Ramos

 

Asilo Vicentino terá portas abertas para receber público

 


Que o Dia dos Pais é comemorado neste domingo (13), todos sabem, mas o que a maioria não tem conhecimento é que muitos filhos e pais não podem celebrar a data, pela falta de um ente querido.

 

 

Saudades e sentimentos_ Para tentar suprir o carinho e o afeto que pais e filhos poderiam trocar nesta data, o Asilo Vicentino, abre suas portas neste domingo para que pessoas que não têm mais pais, possam visitar os idosos que, muitas vezes, não recebem os filhos. A casa estará aberta entre 8h30 às 10h30 e 14h30 às 16h30.

 

 


Histórias_ Seu Inalto Correia, 88 anos, é natural de Papanduva, no Norte de Santa Catarina, mas há dois anos vive em Lages, no asilo. O idoso trabalhou por muito tempo na roça, foi casado e, com sua esposa, teve seis filhos. Os dois viveram juntos até ela falecer. Segundo ele, os filhos não o visitam com muita frequência.

 


Alvino Córdova Padilha, 72 anos, foi taxista, dono de bar e servidor da prefeitura. Durante sua vida, teve quatro filhos. Destes, apenas uma o visita.

 


Rogério Gonçalves Dias, 71 anos, é de Campos Novos, e há quase dois anos vive em Lages. Sua família optou pelo asilo, pois estava morando sozinho e com sintomas de depressão. Pai de seis filhos, ele conta que uma filha vai até a casa visitá-lo. 

 

 

Fotos: Andressa Ramos

    • Carinho e afeto podem ser alguns dos presentes
      Rogério Gonçalves Dias, 71 anos, gosta de receber visitas e conversar
    • Carinho e afeto podem ser alguns dos presentes
      Alvino Córdova Padilha, 72 anos, quando recebe visitas, conversa sobre política
    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários