Serra Catarinense. Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
Anuncie Classificados Correio Lageano
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

:: 19/06/2017 | Serra Catarinense

BR-282 está liberada em meia pista somente para o trânsito de veículos pequenos

BR-282 está liberada em meia pista somente para o trânsito de veículos pequenos

Texto:

São José do Cerrito, 20/06/2017, Correio Lagenao, por Adecir Morais

 

A liberação da rodovia, depois de duas semanas, representou um alento para os moradores de São José do Cerrito, que estavam parcialmente isolados



Os veículos chegam a “patinar”  e “dançar” na via por causa do excesso de lama que ainda está sobre o asfalto, o que exige muita atenção do motorista. A situação no Km 253 da BR-282, entre Lages e São José do Cerrito, ainda é considerada delicada. A boa notícia é que foi liberada a passagem para veículos leves em meia pista.


O trecho apresentou problemas há duas semanas, depois do desmoronamento provocado pela chuva. Máquinas e homens trabalham no local para remover a terra, a vegetação e as pedras naquele ponto da rodovia. A área ainda está instável, e não suporta veículos pesados, como carretas e ônibus.


A liberação do trecho, ainda que parcial, representou um alento para moradores de São José do Cerrito, que estavam parcialmente isolados. A população já sentia falta de suplementos básicos, como gás de cozinha, medicamentos, combustível e alimentos. Até o atendimento dos bancos e dos Correios ficou prejudicado. “Tivemos muitos prejuízos e transtornos, mas a situação começa a se normalizar”, afirmou, ontem, o vice-prefeito do município, Moacir Ortiz.


O bloqueio parcial na rodovia, no entanto, ainda afeta o transporte escolar de universitários que estudam em Lages. Ortiz disse que a prefeitura pediu a liberação de ônibus que transportam estes estudantes. Os responsáveis pelo bloqueio avaliam a solicitação.


Cuidado_ A passagem dos carros está funcionando no sistema pare-siga, com cones na pista e homens controlando o tráfego. O motorista que transita pelo local deve tomar cuidado, pois, além do trecho estar escorregadio, há muitos homens e máquinas trabalhando.

 

Recuperação

Além do grande desmoronamento, o asfalto também cedeu e rachou em alguns pontos daquele trecho da rodovia, que recém tinha passado por obras de contenção de encosta. O Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit), órgão gestor das rodovias federais, ainda não sabe a extensão do problema. Por meio de sua assessoria de imprensa, o Dnit informou que o primeiro passo é retirar todo o material que desmoronou para, posteriormente, avaliar os estragos e tomar uma decisão sobre o que será necessário para recuperar o trecho. Não há prazo para isso acontecer.

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários