Serra Catarinense. Domingo, 25 de Junho de 2017
Celinho Casas do Araucária
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Mídia Kit diversar formas de anunciar

:: 20/03/2017 | Serra Catarinense

Poluição do Salto não é severa, mas pode matar os peixes

Poluição do Salto não é severa, mas pode matar os peixes

Texto:

Lages, 21/03/2017, Correio Lageano

 

A partir de reclamações de que a água do Rio Caveiras, na localidade de Santa Terezinha do Salto, em Lages, estaria contaminada, a Secretaria de Meio Ambiente realizou análises laboratoriais da água para avaliar o grau de poluição. As amostras foram coletadas em três pontos. A verificação é de que há contaminação, porém, a geração da carga de nutrientes não é muito alta. No entanto, o suficiente para a formação de aguapés. Quanto aos coliformes fecais, o foco maior se concentra próximo ao atracadouro de lanchas no mercado.

 

Conforme explica o secretário de Meio Ambiente, Euclides Mecabô, a preocupação com a qualidade da água precisa sempre existir. Tanto que foram colocadas placas alertando sobre possíveis problemas de contaminação. O excesso de aguapés impede a passagem de luz e consequentemente ocorre a oxigenação da água, o que pode matar os peixes no local. O aquecimento dessas plantas está diretamente ligado a uma carga de nutrientes, de matéria orgânica, que pode ser de indústria, esgoto ou agropecuária. É preciso saber quais são as fontes poluidoras. O trabalho de investigação já está ocorrendo.

 

 

Foto: Adecir Morais

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários