Serra Catarinense. Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017
Anuário Lages em Desenvolvimento 2015 | 2016
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
EM CARTAZ
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Mídia Kit diversar formas de anunciar

:: 16/02/2017 | Serra Catarinense

Realidade urbana: Pedido de ajuda aos vereadores

Realidade urbana: Pedido de ajuda aos vereadores

Texto:

Lages, 17/02/2017, Correio Lageano, por Andressa Ramos

 

 

Rua não é trajeto do ônibus, mas tem trânsito de alunos da escola da rede estadual

 


Fim de ano, ano novo, mas nada muda na rua Marechal Artur da Costa e Silva, no Bairro Caravágio, em Lages. Tanto é, que cansada de nenhuma administração resolver seu problema, Veronice Aparecida Machado Macedo Mello, 47 anos, arregaçou as mangas, conversou com os vizinhos e está realizando um abaixo-assinado para entregar na Câmara de Vereadores.

 

A coleta de assinaturas começou em dezembro e já tem 80 nomes, inclusive, de pessoas que trabalham na Escola Cora Batalha da Silveira, local onde a pavimentação não chegou. Há 13 anos, Veronice aguarda a pavimentação.


Todos querem a pavimentação, e ninguém mais, como em outras ruas da cidade, aguenta a poeira e o barro. Ela vende produtos de congelados, portanto, recebe clientes diariamente, mas se sente constrangida pela poeira. Por mais que limpe a casa toda hora, sempre há pó. Além disso, há vários buracos que dificultam o tráfego.


O próximo passo será entregar o pedido na Câmara. Veronice diz que a comunidade irá falar com os vereadores em breve. A moradora lembra que a rua não é trajeto de ônibus, mas em uma promessa, em uma das gestões, foi falado que a Marechal receberia o asfaltamento para aliviar o tráfego de veículos na Avenida Primeiro de Maio.


A exemplo das outras ruas, o secretário de Infraestrutura e Planejamento, Claiton Bortoluzzi, explica que as pavimentações, no início, serão destinadas para as ruas que estão com obras paradas ou projetos em andamento.

 

 

 

Foto:Andressa Ramos

    Assine o CL Online

    Comentários

    Para comentar esta notícia entre com seu e-mail e senha de assinante. Caso não seja assinante, clique aqui. | Esqueci minha senha >>

    • (*) Campos obrigatórios.

    Últimos Comentários